Facebook

domingo, 13 de julho de 2008

Um pouco da história de São Benedito

    

Rio Preto

Os primeiros habitantes deste município foram as famílias de José Rodrigues de Mesquita e de Rufino Alves da Silva, donos de engenhos e comerciantes que se estabeleceram nesta região por volta de 1874.
Logo depois vieram também as famílias de João Rodrigues de Sousa, José Carlos de Mesquita, Izabel Alves de Morais, Tertuliano Torquato de Mesquita, Juventino Magalhães, Bernardo da Cunha Mesquita, Antônio Torquato de Mesquita e Manoel Alvino de Mesquita, todos vindos do Ceará e hoje muitos destes dão nome à prédios públicos, praças e bairros desta cidade. Estas pessoas desenvolviam um trabalho agrícola na produção de cana-de-açucar, mandioca, arroz e algodão.
Estas famílias fundaram a Vila de São Benedito que fazia parte na época do município de Vargem Grande, até que em 1949, no mandato do governador Sebastião Archer da Silva, através da lei 156 de 21/10/1948, cria o município do Curuzu, com o primeiro prefeito nomeado: Domingos Rodrigues Mesquita, e em seguida o primeiro prefeito eleito: Raimundo Erre Rodrigues.
O nome Curuzú origina-se do nome de uma localidade no Paraguai onde o Brasil venceu uma batalha durante a Guerra do Paraguai e depois no local o exército construiu o Forte de Curuzú. As pessoas responsáveis pelas reformas dos nomes dos municípios na época da fundação utilizaram este nome em homenagem à vitória brasileira na chamada de Batalha do Curuzú.
O nome São Benedito foi escolhido por ter sido o antigo nome da vila e em homenagem ao santo padroeiro da cidade. Rio Preto foi usado por representar o rio que corta a cidade, por ser um dos principais motivos do povoamento da cidade e por que na época já existia um município brasileiro com o mesmo nome do santo.
Fabíola  Costa


Referências

MAGALHÃES, Janice Mesquita et al, História e Vida de São Benedito do Rio Preto, Órgão Municipal de Educação, 1983.


Nenhum comentário: